sábado, 9 de julho de 2016

A CAPELA DE SANTO IVO - PADROEIRO DOS ADVOGADOS

Amigos,

Panorama do interior da Capela de
Santo Ivo no Campus I da Puc. Foto
do meu celular.
O novo prédio que abriga, desde o início do ano, todas as instalações da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, construído no Campus I da Universidade, Rodovia D. Pedro,  e que, mais amplamente, abriga setores de outras Faculdades do Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, tem, logo na entrada, à direita, uma singela capela, mas em belo estilo arquitetônico moderno, erguida por sugestão de docentes da Faculdade de Direito ao Grão Chanceler da Universidade, o Arcebispo Dom Airton José dos Santos, e batizada de Capela de Santo Ivo, numa homenagem àquele que é considerado o patrono dos advogados. Ivo Hélory de Kermantin, Ivo de Tréguer ou Santo Ivo, natural da região da Bretanha,  Oeste da França, nasceu em 17 de outubro de 1.253 e faleceu no dia 19 de maio de 1.303, próximo de completar 50 anos de idade. Dotado de grande inteligência e sabedoria, Ivo estudou Filosofia, Teologia e Direito Eclesiástico e Civil em Paris, onde também pode mostrar o seu brilho e talento. De volta à terra natal, aceitou o cargo de Juiz do Tribunal Eclesiástico da diocese de Rennes, onde revelou ser um hábil conciliador, conquistando o respeito tanto daqueles que venciam suas causas, como aqueles que perdiam as demandas. Pela defesa intransigente dos necessitados e injustiçados recebeu o título de “advogado dos pobres”, epíteto que carregou para sempre, mesmo depois de tornar-se sacerdote. Como sacerdote franciscano pertenceu à Ordem Terceira de São Francisco. Herdou dos pais um solar, o solar de Kermatin, que transformou num hospital para cuidar de doentes, tarefa que executava pessoalmente, com respeito e carinho, numa espécie de Madre Tereza de Calcutá da Idade Média, se me permitirem uma analogia ou comparação. 19 de Maio é a data em que se comemora, até hoje, o seu dia, e a Ordem dos Advogados do Brasil, nas suas várias vertentes (nacional e seções estaduais) costuma realizar missas destinadas aos advogados e seus familiares, em homenagem a esse Santo, que tão de perto cuidou de praticar a verdadeira justiça social. Há uma famosa oração de Santo Ivo, que transcrevo abaixo, que lembra as suas virtudes teológicas e espirituais, para conhecimento de alunos de Direito, advogados em geral e de todos aqueles que, direta ou indiretamente, estão envolvidos, profissional ou voluntariamente, na prática coditiana de realização do valor da Justiça, o ideal do Direito, como Juízes, Promotores de Justiça, Escrivães, etc., dos quais o Santo é igualmente, considerado patrono.

Boa tarde.

Entrada da Capela de Santo Ivo
no prédio onde  funciona atual
mente a Faculdade de Direito
da Puc-Campinas. Foto do meu
celular.
 P.S. (1) ORAÇÃO A SANTO IVO:

Glorioso Santo Ivo, lírio da pureza, apóstolo da caridade e defensor intrépido da justiça, vós que, vendo nas leis humanas um reflexo da lei eterna, soubestes conjugar maravilhosamente os postulados, a justiça e o imperativo do amor cristão, assisti, iluminai, fortalecei a classe jurídica, os nossos juízes e advogados, os cultores e intérpretes do Direito, para que nos seus ensinamentos e decisões, jamais se afastem da equidade e da retidão. Amem eles a justiça, para que consolidem a paz; exerçam a caridade, para que reine a concórdia; defendam e amparem os fracos e desprotegidos, para que, propostos todos interesses subalternos e toda afeição de pessoas, façam triunfar a sabedoria da lei sobre as forças a injustiça e do mal. Olhai também para nós, glorioso Santo Ivo, que desejamos copiar os vossos exemplos e imitar as vossas virtudes. Exercei junto ao trono de Deus vossa missão de advogado e protetor nosso, a fim de que nossas preces sejam favoravelmente despachadas e sintamos os efeitos do vosso poderoso Patrocínio. Amém.!


Igreja de Santo Ivo no Bairro do Ibira
puera, em São Paulo (imagem em--
prestada de www.amareloouro.com.)
P.S. (2)  Ivo morreu de causas naturais na França em 19 de maio de 1.303. Seu corpo foi sepultado na Catedral de Tréguier. O Papa Clemente VI, com a solene Bula de 19 de maio de 1.347,assinada em Avignon, na França, o proclamava inscrito no Catálogo dos Santos e Confessores, devendo ser venerado como Santo da Igreja Católica Apostólica Romana;


P.S. (3) Em São Paulo, Capital, existe a Igreja de Santo Ivo, situada no Largo da Batalha, 189, no bairro do Ibirapuera, onde se encontra em permanente exposição uma relíquia do santo, doada em 2.011, pela França.


P.S. (4) O termo bula pontifícia refere-se não ao conteúdo e à solenidade de um documento pontifício, como tal, mas à apresentação, à forma externa do documento, a saber, lacrado com pequena bola (em latim, "bulla") de cera ou metal, em geral, chumbo (sub plumbo)..


Imagem de Santo Ivo (emprestada de
ofsobaete.blogspot.com) com uma pe
quena caveira na parte inferior, do lado
esquerdo de quem olha de frente para a 
imagem.



P.S. (5) Em algumas imagens de Santo Ivo aparece uma pequena caveira, como se vê da foto ao lado. Qual seria o seu significado? Bem, a melhor explicação parece ser a seguinte: a caveira, ao lado do santo (e imagens de outros santos também são cunhadas com ela) quer significar a humildade que devemos ter, lembrando sempre que viemos do pó e para o pó retornará o nosso corpo; que somos iguais perante Deus e finitos; que a vida terrena é apenas uma passagem para a vida eterna espiritual. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário